Fazenda avalizada no atendimento

pesquisa sef

A qualidade no atendimento, uma prerrogativa que deve delinear o caminho de qualquer organização que se preze, vem tomando destaque na gestão pública outrora tida como ineficiente. A recente pesquisa de satisfação junto aos usuários da Secretaria de Estado da Fazenda, especificamente dos contabilistas, demonstra o quanto se tem avançado nos processos.

Na Fazenda Estadual, a evolução se deve pelo fato de sempre se ter apostado em várias frentes, dentre as quais nas ferramentas implantadas, via SAT; nas instalações e equipamentos disponíveis e no corpo qualificado que procura aprimorar-se dentro de um plano de capacitação com elaboração compartilhada – servidores/Escola.

Há 14 anos, para a monografia “Os ruídos da comunicação da SEF”, tivemos o cuidado de proceder levantamento semelhante pesquisando três públicos: servidores da casa; empresários do comércio (CDLs) e contabilistas, por meio dos sindicatos regionais. Na oportunidade, os questionários abordaram, por blocos, dez categorias diferentes: legislação; informação; atendimento; horário/prazo; relacionamento; profissionalização; conhecimento; cursos; comunicação e padronização. À época, em linhas gerais, o quadro final apresentou grau médio de satisfação (50%). Percebe-se que pelos números houve crescimento, passando a 74% o grau de aprovação.

Ainda que positivo, não se pode esmorecer lutando pelos números faltantes. Carlos Molim, diretor da Administração Tributária, ousa afirmar que “o próximo passo é focar em ações para solucionar os problemas apontados por esses usuários”. Diante disso, a Escola Fazendária, em parceria com a CAF e Profisco põe, a partir de quinta-feira, o módulo III – específico, do programa “Qualidade no atendimento: o diferencial da SEF”, que teve concluídos os módulos 1 e 2, direcionado a todos os fazendários, com excelente avaliação. Para o próximo exercício, o módulo IV – especialista. Segundo a pesquisa, 35% dos profissionais procuram atendimento nas gerências regionais. Necessitam, portanto, de serviços com qualidade.

É com esse propósito que se empenha em contribuir para a construção de um diferencial de imagem da SEF frente à sociedade, sujeitando-se à avaliação contínua.

Planejamento orçamentário

Em cumprimento às normas legais, a Diretoria de Planejamento Orçamentário (DIOR) da Fazenda está realizando capacitação referente ao Módulo do Plano Plurianual – PPA e Módulo de Acompanhamento Físico e Financeiro do Sistema Integrado de Planejamento e Gestão Fiscal – SIGEF, que terão reflexos em 2015. Além da atualização, visa também à preparação dos técnicos de planejamento para a elaboração do novo PPA 2016-2019, a ser elaborado no próximo ano. Estão sendo capacitados servidores de todos os órgãos da administração direta, indireta e das empresas públicas. Os eventos acontecem em Florianópolis e em outras quatro cidades do Estado.

Seminário de Avaliação

Acontece entre hoje e amanhã, no CRC/SC, o 4º Seminário de Avaliação e Planejamento da Diretoria de Contabilidade Geral. Tem como objetivo maior a apresentação dos resultados alcançados no período comparado com o planejado, como também o estabelecimento de novas metas para o próximo exercício. O evento é uma parceria da Diretoria de Contabilidade Geral e Escola Fazendária.

Refletindo

“Cliente satisfeito é capaz de contaminar negativamente até 10 pessoas. Feliz ou os que têm suas queixas resolvidas, conta para 3 ou 4 pessoas suas expectativas positivas”. Richard Gerson. Uma ótima semana!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *