IPTU

De olho no IPTU

Governos municipais movimentam-se para atualizar suas planilhas e aplicar aumento do imposto mais importante sob suas alçadas, o Imposto sobre a Propriedade Territorial Urbana. Conhecido como moeda de troca das eleições, o IPTU passa a ser visto de outra forma. Nenhuma objeção se for para utilizar-se de critério de Justiça tributária. Quem tem mais paga mais, privilegiando os menos favorecidos. Não se pode sanar problemas com o simples desejo de engordar cofres públicos sem a contrapartida ético-profissional de um rigoroso controle das despesas, como o da folha de pagamento. São Paulo, cujo Ministério Público questiona o aumento na Justiça, e Florianópolis saíram à frente, mas cabe aos vereadores a eterna vigilância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *