Pente fino nas madeireiras

madeireiras

Pente fino nas madeireiras

São inúmeras as atividades econômicas no ramo de materiais de construção que englobam mais de 33 mil empresas. Para autuação no setor, o grupo especialista mapeou as diversas áreas. Uma equipe encarregou-se de vistoriar o setor madeireiro que, entre comércio atacadista e varejista, são mais de 1,5 mil inscritos.
Foram pinçados, no primeiro momento, 40 contribuintes de municípios distintos, priorizando os que apresentaram o maior número de operações e prestações no banco de dados NF-e, assim como nas informações do Consultas Gerenciais do Programa de Captura e Cotejamento da SEF-SC. O trabalho, desenvolvido no primeiro semestre de 2013, utilizou-se das informações mencionadas, bem como da EFD – Escrituração Fiscal Digital, com dados extraídos diretamente do S@T.
A surpresa foi que a velha “pecha” do passado em burlar o fisco persiste, comprovado pelas intimações fiscais em torno de R$ 28 milhões. Mas os resultados foram surpreendentes, superando 60% de recolhimento e parcelamento. Os demais ingressaram com reclamação junto ao Tribunal Administrativo Tributário – TAT. Segundo Carlos Abdom, auditor fiscal, “o maior embate perante o TAT será a respeito das formalidades dos livros fiscais e contábeis”. Um verdadeiro pente fino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *